Posse do novo Diretório Acadêmico

  O Diretório Acadêmico é a entidade que representa e defende os interesses dos estudantes da faculdade, organizam atividades direcionadas para a melhoria da qualidade do ensino superior, realizam confraternizações, elaboraram e implementam projetos acadêmicos. São também os responsáveis pela integração social e cultural dos estudantes.

  Garantem o contato dos estudantes com os órgãos de representação geral, discutem soluções para problemas e que haja representação dos estudantes nos órgãos colegiados e departamentos. Assim, integrando os estudantes com a realidade da instituição e mostrando que eles a compõe também.

 
José Alfredo, Marisa, Geize e Jorge Otávio


  O período de mandato é de 01 (um) ano e os alunos que formam o DA desenvolvem competências que podem ser carregadas para o mercado de trabalho.
  Toda atuação durante os anos de graduação é válida para se acrescentar no currículo e deve ser reforçada durante os processos presenciais, o mercado vê o aluno com bons olhos porque ele demonstrou que buscou novas experiências e que não ficou 3 anos apenas assistindo às aulas.

  Os integrantes da atual chapa são: Geize Amorim (Presidente), Jorge Otávio (Vice-Presidente), José Alfredo (Secretário) e Marisa Moreira (Diretora de Comunicação e Marketing).
 
  A chapa declara que seus objetivos consistem em focar no aluno e criar uma maior proximidade com os professores, para não ficarem restritos apenas as aulas, além de criar projetos que possibilitam uma maior inserção do aluno no seu tempo de graduação. 


  Desejamos uma ótima jornada de mandato ao Diretório Acadêmico da Fatec Jaboticabal!

Fatec Jaboticabal conquista o 1º lugar no Desafio Inova


  A Fatec Jaboticabal, no ano de 2017, ficou em primeiro lugar como a unidade com mais projetos inscritos por número de alunos no Desafio Inova Paula Souza. A premiação foi dada por meio de um selo que reconhece o empenho da comunidade acadêmica das unidades que incentivaram a inscrição de projetos participantes do INOVA.


        O desafio Inova consiste em uma competição de Modelo de Negócios, entre equipes formadas por estudantes do ensino médio, técnico, tecnológico e pós-graduação, egressos e professores de ETECs e FATECs, podendo também incluir membros externos à comunidade CEETEPS, que tenham como base ideias que explorem a relação entre o que é técnica ou tecnologicamente factível e o que é estrategicamente viável, buscando atender às necessidades de pessoas e contribuir para o desenvolvimento sustentável.
          A seleção dos projetos vencedores do Desafio fica a cargo da comissão organizadora do evento e de especialistas convidados de cada área. São levados em consideração critérios como escopo e relevância da ideia, objetividade no preenchimento do Canvas, clareza do pitch, viabilidade e potencial de execução econômica do projeto, bem como grau de inovação e proteção legal da proposta. Todas as equipes que atenderem aos requisitos da competição receberão acompanhamento de Agentes Regionais de Inovação do CPS e estarão habilitadas para participar do Demo Day de suas unidades.
       A competição tem como objetivo fomentar a pesquisa aplicada e a geração de modelos de negócios na plataforma Canvas, estimulando o surgimento de novas startups. Os vencedores da competição foram divulgados no dia 30 de outubro no site da Agência da Inova Paula Souza, e os ganhadores de cada categoria apresentaram seus projetos no final de abril no evento Melhor dos Melhores, na sede do CPS, na Capital paulista.
        Foram mais de 2000 projetos inscritos e 36 foram escolhidos, dentre os finalistas, estão duas alunas da Fatec Jaboticabal.


       Andreza de Cassia Soares Matheus é aluna do curso de Gestão Ambiental, atualmente no 2º semestre, desenvolveu o projeto SEMPRE ALERTA, com a tutoria da Profa. Dra. Rose Maria Duda, que tem por finalidade auxiliar deficientes visuais na prevenção de acidentes com obstáculos. Veja o pitch elevator (vídeo) do projeto aqui.
“Foi uma experiência única participar desse desafio, desde a criação da ideia até a premiação. Pude conhecer pessoas de muitos lugares, onde trocamos informações e expandiu minha visão para novas áreas a serem exploradas. A avaliação foi muito desafiadora, com muita pressão, mas foi gratificante. Uma experiência enriquecedora, de auto superação. ” diz a aluna finalista Andreza.

            Ane Cristina de Sousa, está atualmente no 2º semestre do curso de Biocombustíveis, com sua tutora Profa. Dra. Mariana Carina Frigieri Salaro, desenvolveu o projeto NEWCANE AGRICOL, pensando no reaproveitamento de resíduos das industrias de produção de laranja, onde, através de método enzimático, seriam usados no crescimento da cana. Veja o pitch elevator (vídeo) do projeto aqui.
Fiquei muito feliz quando a aluna Ane me escolheu como mentora desse projeto tão interessante e inovador, todo o mérito da elaboração da ideia e visão empreendedora foi da aluna e a minha maior contribuição foi dar o título Newcane Agricol. Participar do desafio Inova 2017 foi uma experiência muito enriquecedora, pois pude acompanhar toda dedicação e preocupação com o ambiente de uma aluna que acabou de entrar na faculdade e já mostrou seu potencial empreendedor por vontade própria. A Ane, tem todo o mérito, e já é um grande exemplo, fico muito feliz por acompanha-la nesse projeto premiado.” diz a mentora Mariana.

          A Profa. Dra. Mariana ainda completa que a faculdade só tem a agradecer essas alunas finalistas, pois as duas eram do 1º semestre, ou seja, acabaram de entrar na faculdade e já receberam essa experiência com a inovação. Ressalta que o projeto de inovação não possuia obrigatoriedade nas disciplinas do 1º semestre no ano passado, mas mesmo assim, as alunas participaram, desenvolveram grandes projetos e enriqueceram a Fatec Jaboticabal mostrando que nossos alunos possuem um grande potencial inovador e empreendedor. 

            O diretor Leonardo Lucas Madaleno, as alunas finalistas, a mentora Profa. Dra. Rose Duda e a Profa. Dra. Maria Benincasa, agente de inovação regional, foram receber o Selo de Unidade Empreendedora no dia 26 de abril em São Paulo, nosso merecido 1º lugar.
O prêmio recebido pela Fatec Jaboticabal é muito importante, pois nos coloca em posição de destaque no Centro Paula Souza como a unidade que mais fez projetos de inovação por aluno. A cultura de inovação é muito importante para o mundo atual e futuro, aprender as ferramentas para isso é um diferencial da nossa unidade. Isto faz com que a formação do profissional da Fatec Jaboticabal seja a mais completa possível. Nossa meta no ano que vem é repetir esse desempenho e para isto, os alunos e professores estão sendo estimulados para já irem construindo os novos projetos para o INOVA 2018." declara o diretor Leonardo.
Parabéns para todos os alunos que se inscreveram, parabéns aos mentores, parabéns para nossas alunas finalistas!
A Fatec Jaboticabal agradece o empenho de todos os envolvidos nessa conquista do 1º lugar!

Vestibular 2º semestre de 2018


  As inscrições para o vestibular do 2º Semestre 2018, da Faculdade de Tecnologia Nilo De Stéfani já estão abertas e vão até as 15h do dia 08 de junho. São 80 vagas disponíveis para o curso de Tecnologia em Biocombustíveis e 40 vagas para o curso de Tecnologia em Gestão Ambiental.

  Acesse o site www.vestibularfatec.com.br  e se inscreva. As provas acontecem no dia 01/07, às 13h.

  A Fatec Jaboticabal tornou-se realidade em 2008, onde começou com 80 alunos e, dez anos depois, já conta com mais de 500 estudantes. Oferece ensino tecnológico público, gratuito e de qualidade. Tem como horizonte a inovação tecnológica, em função das necessidades do mercado, tanto no setor produtivo como no de serviços.

  Com foco na capacitação profissional e na demanda do mercado de trabalho, a formação tecnológica tem duração de 3 anos e uma grade curricular com disciplinas em que se aprende na prática.



Com o curso de Tecnologia em BIOCOMBUSTÍVEIS, os alunos aprendem a dominar o processo produtivo das fontes de energias alternativas, com responsabilidade social e ambiental. O curso possui abordagem interdisciplinar, com aulas sobre química, agronomia, biologia, logística, maquinas, desenhos técnicos, economia e outros.

Já no curso de Tecnologia em GESTÃO AMBIENTAL, os alunos recebem todo aperfeiçoamento para elaborar projetos de recuperação de áreas degradadas, auxiliar na produção de laudos, pareceres, trabalhar na gestão de resíduos, tratamento de água e efluentes.

 

Todos os que concluíram o ensino médio podem fazer os cursos, que são de excelente qualidade e totalmente gratuito. É uma grande chance para se qualificar para o mercado de trabalho”, diz a Diretora Acadêmica da Fatec, Simone.
"Faculdade de altíssimo nível! Professores extremamente preparados, laboratórios equipados, várias visitas técnicas, grade curricular completa, secretaria eficiente, interação social motivadora, e PÚBLICA!", depoimento do formando Antônio Torres

A faculdade é GRATUITA e seu único investimento é na taxa de inscrição de R$ 64,80.

A unidade está localizada na Avenida Eduardo Zambianchi, 31, na Vila Industrial, em Jaboticabal. Mais informações: (16) 3202-6519 – Whatsapp (16) 9 9789-8095


Simpósio 2018

  A programação do 10º Simpósio realizado pela Fatec Jaboticabal promoveu a integração de estudantes, pesquisadores e profissionais em assuntos da atualidade e inovação. Também visou divulgar trabalhos científicos nas áreas de atuação dos cursos da Fatec Jaboticabal.
  A abertura oficial do evento ocorreu no dia 23 de abril, às 19h30, no Centro de Convenções da Unesp e todas as palestras foram ministradas neste mesmo local.
Da mesa, participaram os coordenadores de cursos Julio Souza (Biocombustíveis) e Rose Duda (Gestão Ambiental), o vice-diretor da Unesp, Antonio Sergio Ferraudo, o Secretário da Indústria, Comércio e Turismo, José Vantini Júnior, representando o Prefeito, Sr. Antonio Carlos Ferraro, representando a comunidade externa e o diretor da Fatec Jaboticabal, Leonardo Lucas Madaleno.

  Estratégias para uma sociedade em transformação, foi o tema abordado pelo presidente da Coplana, Sr. José Antonio de Souza Rossato, que realizou a palestra de abertura.
Nos dias 24 e 25, antes das palestras, aconteceram apresentações de trabalhos orais, que foram selecionados por uma comissão científica, dentre os trabalhos inscritos no evento.
Seguindo a programação das palestras, no dia 24 de abril, as palestras foram: Matérias-primas alternativas para fins energéticos, ministrada pelo Prof. Dr. Azarias Machado de Andrade, que veio do Rio de Janeiro – UFRRJ e Certificações Ambientais utilizadas no setor sucroenergético, proferida por Maria José Almeida de Almeida, da Usina Santa Adélia.
Já no dia 25, fomos prestigiados pelo Prof. Dr. José Carlos de Lima Junior, sócio diretor da MARKESTRAT, que tratou do Planejamento estratégico aplicado a cadeia de alimentos, Agrobusiness e bioenergia e, para finalizar a programação das palestras, a Profa. Dra. Maria Benincasa Vidotti, docente da unidade, nos explicou sobre Biorremediação: tecnologia limpa para recuperar ambientes poluídos.

  Durante o evento, um dia é destinado a apresentação de trabalhos em formato de pôster. Neste ano foram apresentados 62 trabalhos, entre revisões bibliográficas e trabalhos científicos, no dia 26 de abril. Somente os trabalhos científicos serão publicados na Revista Ciência & Tecnologia.

  Continuando as atividades do último dia de Simpósio (26), foram realizados minicursos simultâneos sobre temáticas da atualidade de Biocombustíveis e Gestão Ambiental, com profissionais advindos do mercado de trabalho.
1 – Utilização de bases para buscas de patentes no setor energético e ambiental - Sra. Aline Schraier de Quadros - HQ Advisory
2 – Produção de biogás da vinhaça de cana-de-açúcar - Eng. Quím. Henrique Ziani de Cerqueira Luz - Usina São Martinho
3 – Aplicação de enzimas na síntese de biodiesel - Profa. Dra. Ariela Veloso de Paula - Departamento de Bioprocessos e Biotecnologia (Unesp de Araraquara)
4 – Educação ambiental e as contribuições da Usina Santa Cruz com o meio ambiente - Sra. Ariane de Almeida Prestes - Centro de Educação Ambiental (CEA da Usina Santa Cruz)
5 – O Processo de fabricação de cerveja - Sr. Marcos André Lopes de Sousa - Cervejaria Satélite

  E, encerrando nosso Simpósio de 2018, ocorreram as premiações.

  Como tem acontecido nas últimas quatro edições do evento, o Concurso de Fotografia premiou nas 3 categorias.

  E com certificado de Honra ao Mérito, os premiados dos trabalhos apresentados foram:
- Apresentação oral - Denis Silva Santos - “PRODUÇÃO BIOGÁS EM REATOR UASB EM SÉRIE TRATANDO VINHAÇA E TORTA DE FILTRO”.
- Revisão bibliográfica - Marcelo Henrique Armoa, - “FILTRAÇÃO TANGENCIAL POR MEMBRANAS CERÂMICAS APLICADA À TECNOLOGIA DE BIOCOMBUSTÍVEIS E AMBIENTAL”.
- Trabalho científico, com um empate surpreendente - Elisangela Pulcini Jacob - “EFEITO DO TRICHODERMA SPP. SOBRE ESCLERÓDIOS DE SCLEROTINIA SCLEROTIORUM NO SOLO” e Fernanda Aparecida Arzani - “RECUPERAÇÃO DO PALÁDIO DE MEMBRANAS COMPÓSITAS”.  
  Simpósio é uma ação necessária, para que o conhecimento gerado seja em benefício de todos. O evento começou em 2008, idealizado pela primeira diretora da unidade, Profa. Isabel Buttignon, com o nome "SEMANA DE TECNOLOGIA DO CURSO DE BIOCOMBUSTÍVEIS DA FATEC-JABOTICABAL", e foi promovido, com este nome, até 2012.
A partir de 2013 passou a se chamar Simpósio de Tecnologia Sucroenergética e de Biocombustíveis, e em 2018, completando 10 anos e com a abertura do curso de Gestão Ambiental, recebeu o nome de Simpósio de Tecnologia Ambiental e de Biocombustíveis.


  O evento contou com o patrocínio da Socicana, CIEE, Sicredi, Grupo Stéfani e CNPq, e com apoio de Mandubim, ACIAJA, Milkshake do Bebê e RV Artes.


  Agradecimento especial à todos profissionais, docentes, funcionários e alunos da comissão que se empenharam na realização e organização deste evento.