Fatec Jaboticabal conquista o 1º lugar no Desafio Inova


  A Fatec Jaboticabal, no ano de 2017, ficou em primeiro lugar como a unidade com mais projetos inscritos por número de alunos no Desafio Inova Paula Souza. A premiação foi dada por meio de um selo que reconhece o empenho da comunidade acadêmica das unidades que incentivaram a inscrição de projetos participantes do INOVA.


        O desafio Inova consiste em uma competição de Modelo de Negócios, entre equipes formadas por estudantes do ensino médio, técnico, tecnológico e pós-graduação, egressos e professores de ETECs e FATECs, podendo também incluir membros externos à comunidade CEETEPS, que tenham como base ideias que explorem a relação entre o que é técnica ou tecnologicamente factível e o que é estrategicamente viável, buscando atender às necessidades de pessoas e contribuir para o desenvolvimento sustentável.
          A seleção dos projetos vencedores do Desafio fica a cargo da comissão organizadora do evento e de especialistas convidados de cada área. São levados em consideração critérios como escopo e relevância da ideia, objetividade no preenchimento do Canvas, clareza do pitch, viabilidade e potencial de execução econômica do projeto, bem como grau de inovação e proteção legal da proposta. Todas as equipes que atenderem aos requisitos da competição receberão acompanhamento de Agentes Regionais de Inovação do CPS e estarão habilitadas para participar do Demo Day de suas unidades.
       A competição tem como objetivo fomentar a pesquisa aplicada e a geração de modelos de negócios na plataforma Canvas, estimulando o surgimento de novas startups. Os vencedores da competição foram divulgados no dia 30 de outubro no site da Agência da Inova Paula Souza, e os ganhadores de cada categoria apresentaram seus projetos no final de abril no evento Melhor dos Melhores, na sede do CPS, na Capital paulista.
        Foram mais de 2000 projetos inscritos e 36 foram escolhidos, dentre os finalistas, estão duas alunas da Fatec Jaboticabal.


       Andreza de Cassia Soares Matheus é aluna do curso de Gestão Ambiental, atualmente no 2º semestre, desenvolveu o projeto SEMPRE ALERTA, com a tutoria da Profa. Dra. Rose Maria Duda, que tem por finalidade auxiliar deficientes visuais na prevenção de acidentes com obstáculos. Veja o pitch elevator (vídeo) do projeto aqui.
“Foi uma experiência única participar desse desafio, desde a criação da ideia até a premiação. Pude conhecer pessoas de muitos lugares, onde trocamos informações e expandiu minha visão para novas áreas a serem exploradas. A avaliação foi muito desafiadora, com muita pressão, mas foi gratificante. Uma experiência enriquecedora, de auto superação. ” diz a aluna finalista Andreza.

            Ane Cristina de Sousa, está atualmente no 2º semestre do curso de Biocombustíveis, com sua tutora Profa. Dra. Mariana Carina Frigieri Salaro, desenvolveu o projeto NEWCANE AGRICOL, pensando no reaproveitamento de resíduos das industrias de produção de laranja, onde, através de método enzimático, seriam usados no crescimento da cana. Veja o pitch elevator (vídeo) do projeto aqui.
Fiquei muito feliz quando a aluna Ane me escolheu como mentora desse projeto tão interessante e inovador, todo o mérito da elaboração da ideia e visão empreendedora foi da aluna e a minha maior contribuição foi dar o título Newcane Agricol. Participar do desafio Inova 2017 foi uma experiência muito enriquecedora, pois pude acompanhar toda dedicação e preocupação com o ambiente de uma aluna que acabou de entrar na faculdade e já mostrou seu potencial empreendedor por vontade própria. A Ane, tem todo o mérito, e já é um grande exemplo, fico muito feliz por acompanha-la nesse projeto premiado.” diz a mentora Mariana.

          A Profa. Dra. Mariana ainda completa que a faculdade só tem a agradecer essas alunas finalistas, pois as duas eram do 1º semestre, ou seja, acabaram de entrar na faculdade e já receberam essa experiência com a inovação. Ressalta que o projeto de inovação não possuia obrigatoriedade nas disciplinas do 1º semestre no ano passado, mas mesmo assim, as alunas participaram, desenvolveram grandes projetos e enriqueceram a Fatec Jaboticabal mostrando que nossos alunos possuem um grande potencial inovador e empreendedor. 

            O diretor Leonardo Lucas Madaleno, as alunas finalistas, a mentora Profa. Dra. Rose Duda e a Profa. Dra. Maria Benincasa, agente de inovação regional, foram receber o Selo de Unidade Empreendedora no dia 26 de abril em São Paulo, nosso merecido 1º lugar.
O prêmio recebido pela Fatec Jaboticabal é muito importante, pois nos coloca em posição de destaque no Centro Paula Souza como a unidade que mais fez projetos de inovação por aluno. A cultura de inovação é muito importante para o mundo atual e futuro, aprender as ferramentas para isso é um diferencial da nossa unidade. Isto faz com que a formação do profissional da Fatec Jaboticabal seja a mais completa possível. Nossa meta no ano que vem é repetir esse desempenho e para isto, os alunos e professores estão sendo estimulados para já irem construindo os novos projetos para o INOVA 2018." declara o diretor Leonardo.
Parabéns para todos os alunos que se inscreveram, parabéns aos mentores, parabéns para nossas alunas finalistas!
A Fatec Jaboticabal agradece o empenho de todos os envolvidos nessa conquista do 1º lugar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário